Office

Você sabia que seu concorrente pode trabalhar para você?

Você sabia que seu concorrente pode trabalhar para você?
Índice

Antigamente, tínhamos uma noção de que “Competidor bom, era competidor morto”.

Essa era a visão que muitos empreendedores tinham sobre o mercado em que estavam inseridos e como se relacionavam com todos aqueles que “abocanhavam” uma fatia do segmento.

Era uma visão errada.

Hoje em dia, há uma nova abordagem que é muito mais benéfica a todos que participam desse banquete: “Competidor bom, é competidor parceiro”.

Entender isso serve como um divisor de água para a carreira de qualquer empreendedor, já que, as vezes, por melhor que seja a sua dedicação ao ofício, a sua capacidade de entrega, pode existir algo em que você não seja tão bom.

E a competição também.

Quando você ou o seu competidor são bons, mas tem especialidades diferentes, está aberta a possibilidade para uma parceria.

Você pode direcionar clientes que te procurarem por um serviço X, que não é o seu foco de trabalho, para um que pode resolver o problema.

O seu concorrente, que não é especialista em Y, pode retribuir a recomendação e indicar você, expert em Y.

Seu competidor ganha, seus clientes ficam satisfeitos e você ainda pode ganhar novos clientes.